segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Playmobil - da criação à inspiração



Após a Segunda Guerra Mundial, especificamente em 1973, estoura a crise do petróleo - principal matéria prima para a fabricação do plástico. Grandes indústrias, como a Geobra-Brandstätter que fabricava brinquedos em grandes dimensões, sofreram com o aumento no valor do plástico. Foi quando Hans Beck teve a brilhante ideia de fabricar brinquedos menores, em especial um boneco com 7,5 cm baseado em desenhos de crianças, no qual a cabeça era maior do que o corpo e o nariz era omitido. Estas foram as principais influencias para a criação do boneco Playmobil, em 1974.




Numa época em que muitas empresas faliram por falta de idéias e saídas enquanto todas as portas se fechavam, Hans Beck sobressaiu-se criando um boneco que sempre será visto como um objeto nostálgico da infância.
Por isso resolvi postar sobre a origem do boneco Playmobil, Hans Beck "O pai do Playmobil" prova que o homem precisa apenas de uma grande ideia e de um pouco de dinheiro para torná-la realidade.


Hans Beck



Em 2004 o designer de moda Jum Nakao introduziu à sua coleção "A Costura do Invisível" as perucas Playmobil, com o intuito de transportar os 1.200 expectadores à uma atmosfera nostálgica, remetendo à infância e aos contos de fadas, no qual ao fim do desfile as modelos rasgam as roupas (que são feitas de papel) remetendo o público à ideia inicial de Nakao, que enfatiza a teoria do caos em que vivemos nos dias de hoje. Um misto de realidade, com perfume de infância e uma viagem ao lúdico mundo da magia.


Confira a galeria com as fotos do desfile e o vídeo na íntegra!












Jum Nakao







Espero que tenham gostado!
Deixem seus comentários...
Beijos,
Ge Gotardelo.
Ocorreu um erro neste gadget