segunda-feira, 2 de maio de 2011

Hippie




O movimento Hippie teve suas primeiras manifestações na década de 60 nos Estados Unidos da América, tendo sua popularidade abrangida pela Brasil mais tarde, em meados da década de 70.




Uma das principais características deste movimento, e bordão, foi a frase "Peace and Love", em português Paz e Amor; e criticavam o uso de armas nucleares. Tinham como símbolo primordial o Code of Nuclear Disarmament.





Recorrentemente uma das principais idéias mais respeitadas por estas comunidades eram as questões ambientais, a prática do nudismo e emancipação sexual.


 


Viviam de modo comunitário tendendo a uma espécie de socialismo-anarquista, negavam o socialismo e a guerra do Vietnã.
Abraçavam aspectos religiosos como o budismo, o hinduísmo, meditação e outras práticas místicas.


John Lennon, com a palavra "beat" além de ser tornar um dos maiores porta-vozes deste movimento, criou o nome de sua banda.













Em 1969 o Festival de Woodstock marcou de vez a história da humanidade, reunindo milhares de pessoas por três dias de revolução sentimental, cultuando a paz e o amor a humanidade em forma de música e poesia.







As principais características dos hippies são as roupas velhas e naturalmente rasgadas (para ir em oposição ao consumismo) logo, roupas de cores berrantes, como o vermelho, o roxo, o amarelo e o laranja (para fazer  apologia a psicodelia) além de outros diversos estilos, como calças de boca de sino, camisetas tingidas em tie dye e roupas com inspiração indiana, com tecidos leves e estampas psicodélicas, marcantes e significativas.






Um dos fatores mais predominantes dentre os hippies é a predileção pelo Rock Psicodélico, como Jimi Hendrix, Janis Joplin, Bob Dylan, Pink Floyd, The Doors, Mutantes, Zé Ramalho, Raul Seixas, entre outros.





Ainda hoje, muitos hippies e amantes do estilo se encontram em festivais para celebrar a vida, o amor e o Rock, como o SWU, o Rock in Rio ou em uma simples reunião para cultuar os misticismos da cultura hippie.
Ainda encontramos aqui no Brasil, pequenas comunidades Hippies, como em praias e em pequenas cidades como São Tomé das Letras, no interior de Minas Gerais.


E preparem-se, pois no verão de 2012 o estilo anos 70 volta com força brutal, trazendo com ele todo o encantamento do estilo Hippie Chic, levando-nos a uma atmosfera de cores e harmonia, fazendo um estilo contemporâneo e nostálgico.





Dia 26 de Abril, estive presente no Senac Fashion Day, com a voz e sabedoria de  Tatti Putti e Cecília Seibbel, no qual ressaltaram que as  principais cores do verão 2012 são:  laranja, amarelo, azul bic, vermelho, verde, roxo e pink.
As principais tendências são: O tricot de volta ao verão, tranças desarrumadas fazendo o estilo despojado, visual leve e harmônico, o crochet da vovó agora está em alta! Anos 70 e 80 em evidência.





Inspire-se!















Analisando Estilos


Essa é Sarah, 16 anos. Residente em Itapira, interior de São Paulo.
O estilo da Sarah é o próprio Hippie Chic, ela adorna vários elementos hippies ao seu estilo, mas sem perder a delicadeza da garota contemporânea.
Esbanjadora de boas energias e dona de um sorriso tranquilizador, Sarah não poderia ter se adequado a outro estilo. É quando a roupa cai com perfeição a pessoa, e conta, além de uma vontade de vestir a roupa, uma história.

Sarah escreve no blog http://everybodyloveswrite.blogspot.com/ "sobre a vida e outras coisas mágicas"





2 comentários:

  1. gee, muito obrigada pelos elogios. Seu blog tá lindo e você tem muito talento, torço muito por você!
    Beijos, s2.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Sarinha! Saiba que seu estilo, no meu ponto de vista, é um orgulho em vista desta monopolização que os adolescentes de hoje criaram em torno da moda. Você é tão você que é bonito de ver! Também torço muito por você! Beijos!!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget